Encontro internacional

03/10/2012 18:11

Estudantes da UFSC participam de organização e apresentação de trabalhos em Jornada na França

AFFICHE-FELIPE-web2-724x1024

O tema “Marcadores sociais da diferença: estudos brasileiros em Toulouse” será discutido por pesquisadores brasileiros que estudam em Toulouse, na França, nesta sexta-feira, dia 5 de outubro.

A jornada de estudos é uma atividade do Programa de Investigação de Gênero, Parentesco e Sexualidade – um estudo comparativo entre França e Brasil, financiado pela Capes e Cofecub, órgãos brasileiro e francês. “A iniciativa pretende estender a análise coletiva como parte da relação franco-brasileira e desenvolver uma rede de colaboração científica entre os dois países”, detalha um dos organizadores da Jornada, Felipe Bruno Martins Fernandes, pós-doutorado pela École des Hautes Études en Sciences Sociales e pesquisador do Núcleo de Identidades e Subjetividades (NIGS) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Também fazem parte desta equipe de trabalho duas doutorandas do Programa Interdisciplinar em Ciências Humanas da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) – Daniela Noveli e Melina Ayres de la Barrera (confira a programação abaixo).


Este programa de investigação, que oportuniza a pesquisa a muitos estudantes brasileiros do campo das ciências humanas e sociais, está focado em questões de gênero, raça, deficiência, religião, sexualidade e classe. Neste sentido, as pesquisas têm a ver com as constituições das identidades individuais e coletivas, distinções e discriminação.

Mais informações em

http://ebat.hypotheses.org/~~V

 

Programação da Jornada de estudo: “Os marcadores sociais da diferença: estudos brasileiros em Toulouse”

Sexta-feira, 5 de outubro, 2012
Apresentação da coordenação do programa CAPES-COFECUB.

Keynote Jerome Courduriès (LISST-CAS, Toulouse)
“Ser jovem e gay (o): a experiência da rejeição familiar”
Workshop 1 – “A história como um ponto de encontro interdisciplinares biografias e revistas”
Moderador: Marcilene Costa
Debatedor: Sylvie Sagnes (CNRS-LAHIC IIAC)

“Diálogos geracionais e estética em ‘Vogue'” (Paris-América-Brasil) – Daniela Novelli (Universidade Federal de Santa Catarina, Brasil e LISST / EHESS)

“Louis Léger Vauthier, engenheiro francês no Brasil na década de 1840. Entre história e memória” – Emanuelle Maupeou (História, UTM, Toulouse)

Workshop 2 – “A política da raça: pós-escravidão, a Unesco e o território”

Moderador: Felipe Fernandes
Debatedor: Mylène Hernandez (EHESS, LISST-CAS, Toulouse)

“Instrumentos normativos da Unesco e a luta contra o racismo na educação” – Ana Cristina da Cruz Juvenal (Universidade Federal de São Carlos, Brasil e EHESS, Paris)

“Construção de cor: um marcador de diferença para as pessoas das comunidades de descendentes de escravos no Brasil” – Marcilene Silva da Costa (LISST-CAS, Toulouse)

Workshop 3 – “Gênero e sexualidade: mídia e violência”
Moderador: Jerome Courduriès
Debatedor: Angelina Peralva (UTM, LISST-CERS, Toulouse).

“Gênero, deficiência e mídia: os marcadores sociais de ‘Viver a Vida'” – Melina Ayres de la Barrera (Universidade Federal de Santa Catarina, Brasil)

“Mortes de ‘travestis’ e ‘pais de santo’ no Brasil: homofobia, transfobia e intolerância religiosa – Felipe Fernandes” (EHESS, Toulouse)

 

“Apresentação de ‘O Voo da Beleza’, de Alexandre Valle (Universidade Federal do Ceará, Brasil). O filme será seguido de um debate.