III TRANSDAY NIGS

06/08/2012 11:44

Abertas as inscrições de curtas para a  mostra de filmes Trans

O Núcleo de Identidades de Gênero e Subjetividades (NIGS), do Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFH), pelo terceiro ano consecutivo, insere a UFSC no circuito internacional de atividades que marcam a luta pela despatologização das identidades transexuais e trangêneros ao redor do mundo, unindo-se à Campanha Internacional Stop Trans Patologização 2012.

(mais…)

Sessão cinema

30/05/2012 00:17

Apresentação do filme “A Antropóloga”

 

A disciplina de Gênero do doutorado Interdisciplinar em Ciências Humanas promoverá a projeção do filme “A Antropóloga” nesta sexta, 1 de junho, das 12 às 13h30, no auditório do CFH.

Uma oportunidade a mais para quem ainda não assistiu ao filme.

Cinema

13/03/2012 22:27

 “Germaine Tillion: onde há perigo sempre a encontramos”

Germaine Tillion, aluna de Marcel Mauss

Confira o vídeo “Germaine Tillion: onde há perigo sempre a encontramos”, produção que aborda a trajetória de uma das mais importantes antropólogas francesas do século 20, inserida em um projeto de pesquisa sobre a história da antropologia a partir de uma perspectiva feminista. A produção leva a assinatura de Miriam Pillar Grossi e Carmen Silvia Rial, professoras da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Aluna de Marcel Mauss, Germaine Tillion fez etnografias de sociedades touareg do sul da Argélia, que fundamentaram uma parte de sua produção teórica. Como membra do Musée de l’Homme, participou do movimento de resistência à ocupação nazista de Paris, sendo enviada como prisioneira ao campo de concentração de Ravensbrück; experiência que determinou outra parte de sua obra, sobre os campos de concentração e o nazismo.

Veja no link abaixo a produção sobre Germaine Tillion e outros vídeos do NIGS.

Germaine Tillion: onde há perigo sempre a encontramos

http://vimeo.com/38207832

Cinema

11/03/2012 02:35

Curtas-metragens para fazer pensar

Mostra de curtas estimulou o debate sobre as construções de masculinidade e feminilidade

Mostra de curtas estimulou o debate sobre as construções de masculinidade e feminilidade

O Núcleo de Identidades de Gênero e Subjetividades (NIGS) propôs um debate sobre duas produções brasileiras para quem passou pelo Sesc Cacupé (http://turismo.sesc-sc.com.br/turismo/hotel-cacupe), neste sábado (dia 10 de março).
A apresentação dos vídeos “Acorda Raimundo, Acorda” (1990, Alfredo Alves) e “A Vovozinha e o Feminismo” (2012, de Renata Druck) fez parte da programação do “Sábado da Mulher”, promovida pelo Bazar Coisas de Mãe, que expôs nos quiosques peças exclusivas feitas a mão.
“Acorda Raimundo, Acorda” aborda as relações de gênero pelo cotidiano de Raimundo (Paulo Betti) e Marta (Eliane Giardini). Enquanto Marta sai para o trabalho, Raimundo cuida da casa e precisa lidar com a dependência financeira e violência psicológica da mulher. O curta é um convite à leitura de autoras como Margaret Mead, de “Sexo e Temperamento”.

(mais…)