Reunião Coordenadores de Projeto/MEC/Capes – Edital EDH & Diversidades

13/03/2018 11:14

Informamos que no dia 12 de abril, das 14h às 17h, a Profa. Miriam Grossi Coordenadora do Projeto: “Direitos Humanos, Antropologia, Educação: experiências de formação em Gênero e Diversidades” aprovado no edital: nº 38/2017 participará da Reunião de Coordenadores de Projeto/MEC/Capes.

Resultado seleção da bolsa de Pós-Doutorado CAPES|SECADI

13/03/2018 09:18

Informamos a comunidade acadêmica que a Comissão de Avaliação para a Bolsa de Pós-Doutorado do Projeto: “Direitos Humanos, Antropologia, Educação: experiências de formação em Gênero e Diversidades”, divulga a Ata de Seleção das candidatas aprovadas por ordem de classificação:

Resultado Seleção Pós-Doutorado

 

Entrevistas para a seleção da Bolsa CAPES|SECADI

12/03/2018 08:40

Acontece hoje dia 12/03/2018 no Prédio D, sala 114 do CFH as entrevistas para a Seleção do Edital CAPES|SECADI.

As entrevistas ocorreram nos seguinte horários:

10:30- Clarissa Mello
10:50 – Alexandra Alencar
11:10 – Anna Amorim
11:30 – Marie Leal
Boa Sorte as candidatas.

 

Política

24/08/2012 14:23

I Plano Municipal de Políticas LGBT vira decreto em Florianópolis

Documento que define prioridades foi elaborado com a participação do Núcleo de Identidades de Gênero e Subjetividades (NIGS)

Foi aprovado em Florianópolis o I Plano Municipal de Políticas e Direitos Humanos de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Trangêneros (LGBT) por meio do decreto n. 9998-2012. O documento que define prioridades e propostas de políticas públicas para Florianópolis nos próximos anos foi elaborado a partir I Conferência Municipal LGBT “Por um país livre da pobreza e da discriminação: promovendo a cidadania LGBT” e “Por uma Florianópolis sem homofobia”, organizado pela Coordenadoria Municipal de Políticas para as Mulheres (CMPP-Mulher) de Florianópolis com a assessoria do Núcleo de Identidades de Gênero e Subjetividades (NIGS) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), que elaborou o texto base da conferência, com a participação de uma dezena de pesquisadoras e pesquisadores especialistas em temáticas LGBT. Neste momento, a CMPP-Mulher finaliza a revisão e diagramação do documento para impressão e divulgação.

Leia mais

Leia o texto dos eixos temáticos na íntegra

Política

24/08/2012 14:03

I Plano Municipal de Políticas LGBT vira decreto em Florianópolis

Documento que define prioridades foi elaborado com a participação do Núcleo de Identidades de Gênero e Subjetividades (NIGS)

Foi aprovado em Florianópolis o I Plano Municipal de Políticas e Direitos Humanos de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Trangêneros (LGBT) por meio do decreto n. 9998-2012. O documento que define prioridades e propostas de políticas públicas para Florianópolis nos próximos anos foi elaborado a partir I Conferência Municipal LGBT “Por um país livre da pobreza e da discriminação: promovendo a cidadania LGBT” e “Por uma Florianópolis sem homofobia”, organizado pela Coordenadoria Municipal de Políticas para as Mulheres (CMPP-Mulher) de Florianópolis com a assessoria do Núcleo de Identidades de Gênero e Subjetividades (NIGS) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), que elaborou o texto base da conferência, com a participação de uma dezena de pesquisadoras e pesquisadores especialistas em temáticas LGBT. Neste momento, a CMPP-Mulher finaliza a revisão e diagramação do documento para impressão e divulgação.

Leia mais

Leia o texto dos eixos temáticos