Entrevista

25/03/2012 00:45

Pesquisador do NIGS na França é entrevistado em rádio do RS

A qualidade do programa Rádio Visão obtém reconhecimento na rede mundial. Internautas de várias partes do mundo acompanham o programa de entrevistas (que acontece de segunda a sexta-feira, das 8 às 10 horas) na Rádio Santo Ângelo. Na segunda-feira, 19, o apresentador Paulo Renato Ziembowicz entrevistou o pós-doutorando em Antropologia Social, Felipe Bruno Martins, direto da cidade de Toulouse na França.

O antropólogo, que realizou uma tese de doutorado sobre políticas públicas do Ministério da Educação no Combate à Homofobia no governo Lula, fez contato com a Super, após ler no site da emissora a notícia do jovem de 15 anos – vítima de bullying homofóbico no Colégio Onofre Pires. O pesquisador pretende contatar a família do adolescente para repassar informações a respeito desse tema.

(mais…)

NIGS é citado em entrevista

20/03/2012 12:29

“Aqui tem lésbica, tem sapatão”

Entrevista com ativista lésbica Virgínia Nunes fundadora da ONG Lilás em Lauro de Freitas

SALVADOR, BA, Domingo, 18 de março de 2012 – por MARCELO CERQUEIRA

Ela fala para agente que é fã da teórica lésbica Monique Wittig e que desde cedo aprendeu que ser lésbica pode ser bom, melhor muito bom. Ela se assume como mulher, feminista, acadêmica e lésbica e lastima que muitas mulheres sofram por não poder trilhar o mesmo caminho que ela. Junto com outras lésbicas e feministas nossa acadêmica baiana Virginia Nunes abre a “Roda de Conversa” no dia 22 próxima quinta-feira no Seminário promovido pelo GGB/Diadorin que tem como finalidade debater sobre a eliminação de todas as formas de violências contra mulheres lésbicas e transexuais. Iniciativa é apoiada pela Secretaria de Políticas para as Mulheres da Bahia (SPM). Confira a entrevista.

(mais…)

Entrevista

10/03/2012 02:08

Pesquisadores do NIGS na RBS TV 

Da esquerda para a direita: Bruno Cordeiro, Tânia Welter, Rubia Laidens, Mareli Graupe e Nattany Rodrigues

Da esquerda para a direita: Bruno Cordeiro, Tânia Welter, Rubia Laidens, Mareli Graupe e Nattany Rodrigues

 

No Dia Internacional de Luta das Mulheres, os pesquisadores do NIGS Tânia Welter, Mareli Graupe e Bruno Cordeiro foram entrevistados pela repórter Rubia Laidens, do Bom Dia Santa Catarina.  O tema foi o manifesto visual que chama a atenção pela estética para questões sérias, como  a violação dos direitos humanos das mulheres e o respeito a seus direitos sexuais e reprodutivos.

Confira a reportagem: Vídeo da entrevista do NIGS na RBS TV

Entrevista

07/03/2012 12:19

Especialista discute os papéis sociais da mulher na contemporaneidade

Acesso ao mercado de trabalho, violência contra a mulher e legalização do aborto são alguns dos temas ainda relevantes para a questão das mulheres

prof_miriam_grossi_div_606x455

Miriam Grossi, coordenadora do Instituto de Estudos de Gênero da UFSC

O Globo Ciência apresenta a vida e o pensamento de dois dos mais importantes intelectuais do século 20, o casal Jean-Paul Sartre e Simone de Beauvoir. As ideias de Beauvoir serviram de combustível para o movimento feminista. De lá para cá, as mulheres vêm conquistando cada vez mais espaço na sociedade, desempenhando papeis que há alguns anos eram impensáveis. Mas, de acordo com a professora do Departamento de Antropologia e coordenadora do Instituto de Estudos de Gênero da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Miriam Grossi, ainda há mais o que se conquistar: “No Brasil, temos uma contradição, que mostra justamente como as questões do feminismo não são iguais no mundo inteiro: aqui, o aborto é criminalizado.A criminalização do aborto é uma situação que coloca o Brasil, no que diz respeito às conquistas feministas, muito atrás de outros países com o mesmo índice de desenvolvimento.”

(mais…)